MANUAL DE CATALOGAÇÃO DO KOHA

APRESENTAÇÃO



O Manual de Procedimentos Técnicos de Catalogação do SIBI-IFPE (Sistema Integrado de Bibliotecas do IFPE) foi elaborado com a finalidade de orientar, normalizar e transmitir os conceitos, normas e procedimentos que padronizam a catalogação no Software de Gestão de Biblioteca Koha.

Tem o objetivo de atender, prioritariamente, aos profissionais que trabalham nas bibliotecas que fazem parte da Rede. Foi elaborado a partir do Manual de Procedimentos Técnicos de Catalogação da REBIMD(Redes de Bibliotecas do Ministério da Defesa), e das reuniões do Grupo de Trabalho para implementação do Sistema Koha.

 

1 DA INSTALAÇÃO E ATUALIZAÇÃO DE VERSÃO E DO CONTRATO DE MANUTENÇÃO DO SISTEMA KOHA

 

A Diretoria de Avaliação e Desenvolvimento de Tecnologia(DADT) é a responsável pelas atualizações de versão e responsável por possíveis soluções tecnológicas, para que atendam as necessidades do SIBI-IFPE.

 

2 DO OBJETIVO DA MANUAL DE PROCEDIMENTOS TÉCNICOS DE CATALOGAÇÃO

 

 Disponibilizar o catálogo do acervo dos campi participantes;

  • Desenvolver produtos e serviços que explorem e maximizem a utilização de recursos compartilhados;
  • Contribuir para o desenvolvimento tecnológico e científico, bem como para a capacitação profissional na área de Educação Técnica e Tecnológica do IFPE;
  • Contribuir para o controle bibliográfico nacional;
  • Disponibilizar o acesso à informação; e
  • Contribuir para a formação da mentalidade de Educação Técnica e Tecnológica na formação profissional da sociedade brasileira.

 

3 DAS ATRIBUIÇÕES



 3.1 Grupo de Trabalho

 

  • Elaborar o planejamento estratégico da implementação do KOHA;
  • Aprovar normas e procedimentos para o funcionamento do KOHA;
  • Elaborar anualmente relatório de atividades;
  • Propor a criação de comissões técnicas especiais e temporais, e subcomissões quando necessário;
  • Propor as ações que se fizerem necessárias para o alcance dos objetivos para implementação do KOHA;
  • Promover reuniões periódicas entre os membros do Grupo de Trabalho;


3.2     Da Direção do SIBI-IFPE

 

  • Difundir as novas versões do Software;
  • Orientar as bibliotecas a corrigir erros e duplicidade de registros;
  • Promover treinamentos e visitas técnicas para o pessoal que atua diretamente com o Sistema KOHA;
  • Emitir relatórios que sejam de interesse do SIBI-IFPE;
  • Promover reuniões periódicas com todos os envolvidos na implantação do KOHA(Comunidade acadêmica e servidores lotados nas bibliotecas);

 

 

RECOMENDAÇÕES:  Orienta-se que cada biblioteca tenha pelo menos um profissional com formação em Biblioteconomia para conduzir o processamento técnico do material a ser incluído no Sistema Koha e as atividades atinentes a área de Biblioteconomia.

 

4 ELEMENTOS DA DESCRIÇÃO BIBLIOGRÁFICA



 

  • Responsabilidade pelo conteúdo intelectual do livro - autor, co-autor(es), colaborador(es), tradutor(es), editor(es), organizador(es), coordenador(es) ou outros responsáveis.

 

 

  • Autor – responsável intelectual pelo texto. A indicação de responsabilidade (após o título) é precedida de espaço, barra oblíqua ( / ) e espaço. Registra-se a indicação de responsabilidade na forma direta.

 

 

  • Co-autor – responsável intelectual pelo texto, escrito em conjunto por mais de um autor. Os co-autores são registrados se forem até três, na forma como aparecem na página de rosto e, não havendo nenhuma palavra de ligação entre eles, separados por vírgula e espaço. Havendo quatro ou mais co-autores, registra-se o primeiro citado, seguido de espaço, reticências, espaço e a expressão latina et al. entre colchetes. Ex.: ... [et al.]
  •  Título principal – palavra, frase, carácter, ou grupo de caracteres, que normalmente aparecem num item, dando nome a este ou à obra nele contida.
  •  Título equivalente – é o título principal em outra língua, ou a tradução do título principal. Registre os títulos equivalentes na ordem indicada por sua sequência ou seu layout na folha de rosto.
  •  Subtítulo – outras informações sobre o título. Outros títulos além do título principal um outro título que acompanha o título principal ou título equivalente. O subtítulo é precedido de espaço, dois pontos ( : ) e espaço.
  •  Título da edição original, no caso de tradução (CAMPO 240) – indica o título da obra que serviu de base à tradução, seja o título na língua original ou uma versão em outra língua.
  • Tradutor – responsável intelectual pela versão do texto em outra língua. A indicação de tradutor, após o(s) autor(es), vem precedida de espaço, ponto e vírgula ( ; ) e espaço. Se houver mais de um tradutor, segue-se por vírgula. Caso o nome do tradutor não apareça na página de rosto, deve-se retirar a informação de outra fonte e registrá-la entre colchetes.
  • Edição – todos os exemplares de um livro produzidos com a mesma matriz. A indicação de edição compreende um número seguido da abreviação “ed.”, ou seu correspondente em outras línguas. Para a língua portuguesa, substituiu-se o número ordinal ou o número por extenso pelo algarismo, seguido de ponto e espaço, a abreviação “ed.”. Ex.: 2. ed.

 

Obs.: Não se registra a primeira edição, exceto se aparecer registrada na folha de rosto a indicação de “1a. edição”.

 

  • Local de publicação – nome do lugar de publicação, distribuição etc. Em caso de muitos lugares de um editor, distribuidor etc., transcreva o primeiro lugar. Se o nome do lugar de publicação, distribuição, etc., for incerto, dê o nome de lugar provável, em português, se houver um, seguido de um ponto de interrogação, e entre colchetes. Ex.: [Tóquio?]
  •  Editora – nome da editora/distribuidora responsável pela publicação. Registrar este nome logo após o nome do lugar a ele correspondente. Registra-se, sempre, a primeira editora, embora haja exceções. O nome da editora deve ser transcrito na forma mais breve pela qual possa ser reconhecida. O nome da editora é precedido de espaço, dois pontos ( : ) e espaço.
  •  Data de publicação – data em que a obra foi publicada, correspondendo a edição do livro em processo de catalogação. Quando não há data de publicação, registra-se a data de copyright, precedida da letra “c” minúscula. A data é precedida de vírgula e espaço ( , ).
  •  Descrição física (paginação, volume, ilustração, dimensão, material adicional) – trata da descrição das características físicas específicas.

 Paginação/Volume: registra-se o número de páginas, seguido de espaço, abreviação de página “p.”. No caso de livro em mais de um volume, registra-se o número de volumes, seguido de espaço, abreviação de volume “v.”. Ex.: 240 p. ; 3 v.

Ilustração: não são consideradas - ilustrações da página de rosto, vinhetas, decorações ou tabelas. A indicação de ilustrações é precedida de espaço, dois pontos ( : ) e espaço, acrescentando-se a abreviatura “il.”. Ex.: : il.

Dimensão: altura do livro, medida pela página de rosto nas brochuras e pela capa em obras encadernadas. A altura é expressa em centímetros; quando há decimais, arredonda-se para o número inteiro imediatamente superior. Ex.: 21,1 cm para 22 cm. A dimensão é precedida de espaço, ponto e vírgula ( ; ) e espaço. Ex.: ; 22 cm.

  •  Título da série e número do livro na série – é um título comum a muitos livros. Numa série numerada, o número é registrado nos termos em que aparece no item. A série não tem previsão de término, nem de periodicidade. Com freqüência, o livro recebe um número dentro da série. Quando este número vem precedido da palavra número ou volume, o termo  permanece, mas de forma abreviada: “n.” ou “v.”. Quando não há palavra, registra-se apenas o número, sempre em algarismos arábicos. O número da série é precedida do nome da série, espaço, ponto e vírgula ( ; ), espaço, abreviação de volume “v.” e espaço. Ex: Brasiliana ; v. 32
  •  Notas, índices, informações bibliográficas – caso a obra possua um ou todos estes itens, faz-se uma nota informal, iniciando pela palavra “Inclui”. Ex.: Inclui bibliografias.
  •  ISBN – é o número internacional padronizado do livro. O ISBN se compõe de quatro grupos de dígitos:

- primeiro grupo, de dois dígitos, corresponde à língua ou país de publicação;

 - segundo grupo identifica o editor dentro da língua ou país;

- terceiro grupo identifica o título em determinada edição;

- quarto grupo tem apenas um dígito de controle.

 

  • Assuntos – os pontos de acesso se apresentam sob forma padronizada (LC, BN etc.).
  •  Número de Chamada (complemento, classificação, n° de Cutter, ano/edição, n° da biblioteca) – número da localização do documento no local de guarda.

 

Ex.: $d R $a 658.42 $b L823d $c 1972 $8 1

 

($d) Complemento (quando existir): letras ou códigos para especificar a obra. Ex.: R – referência; OR – obra rara.

($a) Classificação: é o assunto relacionado à obra. Pode ser usada os códigos CDD e CDU.

($b) N° de Cutter: é o número que cada autor leva na tabela Cutter.

($c) Ano e edição: ano e edição da publicação da obra.

($8) N° da Biblioteca: número da instituição catalogadora.

  • Fonte de catalogação – Código do MARC para instituição, quando houver, ou o nome da instituição ou instituições que criaram ou copiaram e modificaram um registro. A fonte para determinar esses códigos é o MARC Code List for Organizations, mantido pela Library of Cogress (LC). Ex.: $a BR-ReIFE $c BR-ReIFE

 ($a) Código de quem catalogou;

($c) Código de quem incluiu na máquina;

($d) Código da agência que modificou o registro.

 

5 CATALOGAÇÃO NO SISTEMA KOHA

 

5.1 PARA ACESSAR O BIBLIOGRÁFICO

1) Fazer Login no Koha

Login_Koha.jpg

 

2) Ir ao menu Catalogação


Visaogeral_Koha.png

 3) Ir em Pesquisa registro bibliográfico da base de dados de catalogação

PagCatalog_Koha.jpg

4) Caso não tenha o item cadastrado, gerar novo registro:

RegNovoCatalog_Koha.jpg

É no botão Novo Registro são cadastrados bibliográfico que são registradas as informações referentes à descrição do material a ser catalogado.

 

6 CADASTRO

 

O Cadastro consiste no passo inicial para a criação de um novo registro bibliográfico (acervo), ainda não existente no catálogo. Cada edição compreende um novo registro, portanto, obras com edições diferentes possuem acervos diferentes. [1]

As etapas para a criação de um novo acervo são:

a) Clicar em: Catalogação /Adicionar registro/ Líder;

Cadastro_acervo.jpg

 

b) Tipo de obra: selecionar conforme o material a ser catalogado;

c) Situação do acervo:

– normal (criado automaticamente ao selecionar o tipo de obra)
– excluído (criado automaticamente quando todos os exemplares foram excluídos, assim o usuário não visualiza a obra)
– interrompido (utilizado somente para títulos de periódicos com publicação/assinatura/permuta/doação interrompidos)
– encerrado (utilizado somente para títulos de periódicos com publicação encerrada);

 

e) Líder:

– para livros: a m # a
– para dissertações e teses: t m # a
– para periódicos: a s # a
– para artigos: a a # a
– para capítulos de livros: a a # a
– para CD-ROMs: m m # a
– para DVDs de vídeo: g m # a

 

 Cadastro_acervo_000.jpg

7 CAMPOS MAIS UTILIZADOS PARA PREENCHIMENTO NO BIBLIOGRÁFICO

7.1 LIVROS E MONOGRAFIAS

 

7.1.2 CAMPO 008 (LIVRO)

Utilizado para todos os tipos de materiais, preenchido conforme o item. A primeira data deve ser exatamente igual à data do campo 260. As posições 7 (primeira data), 11 (segunda data, se houver), 15 (local) e 35 (idioma) são indispensáveis, pois influenciam nos relatórios e podem ser recuperadas. Para obras bilíngues ou multilíngues preencher a posição 35 com o primeiro idioma do título e preencher os campos 041 e 546 (este último, opcional.

Cadastro_acervo_080.jpg

Se não for possível identificar o local da publicação, usar XX#.

No caso do Brasil, o código é a sigla do estado seguido da letra b. Ex. mgb(código do estado de Minas Gerais. Para os demais Estados seguir a tabela abaixo:

Tabela_sigla_008.jpg

 

Quando existir ISBN – CAMPO 020

$a 8585091010
Fonte catalogadora da obra – CAMPO 040

$a BR-ReIFE(IFPE)

$c BR-ReIFE

Quando for tradução CAMPO 041

$a por

$h eng

Quando existir 2 idiomas CAMPO 041

$a por

$a eng

No assunto existir geográfico - CAMPO 043 $a s-bl---
Classificação CDD e nº edição – CAMPO 082

$a 340.181

$2 21

 Número de Chamada CAMPO 090  

$d R

$a 340.181

$b M269s

$c 1995 - 3. ed.

$8 (Código da Biblioteca)


$8 12

   

ENTRADA PRINCIPAL

100 - AUTOR PESSOAL

110 - AUTOR ENTIDADE

111 - AUTOR EVENTO

130 - AUTOR TÍTULO UNIFORME


ENTRADAS SECUNDÁRIAS

700 - ENTRADA SECUNDÁRIA - NOME PESSOAL

710 - ENTRADA SECUNDÁRIA - ENTIDADE

711 - ENTRADA SECUNDÁRIA - EVENTOS


100 – AUTOR PESSOAL

Quando UM AUTOR CAMPO 100

$a Mancia, Tânia Teresinha Sava,

$d 1960-

Quando DOIS AUTORES:

  • O primeiro no CAMPO 100

  • E o segundo no CAMPO 700

$a Antunes, Maria do Nascimento


$a Mendes, Aluisio de França


Quando TRÊS AUTORES:

- O no CAMPO 100


$a Antunes, Maria do Nascimento

- O e o no CAMPO 700

$a

$a

Mendes, Aluisio de França Santos, Miguel dos,

 

$d

1950-1999

Quando MAIS DE TRÊS autores – CAMPO 700 (Ver CAMPO 245)

$a

$4

Cândido, Claudia [et al.]

Quando NÃO EXISTIR AUTOR PRINCIPAL e SIM ORGANIZADOR OU COLABORADOR CAMPO 700


$a

$d

$4


Silva Neto, Pedro, 1910-

org. ou $4 clb.

Quando existir ILUSTRADOR, TRADUTOR é necessário fazer uma entrada secundária para este autor – CAMPO 700

$a

$d

$e

Aver, Alexandra, 1970-

Ilustrador

 


110 – AUTOR ENTIDADE

Quando a entrada principal for uma entidade –

CAMPO 110


$a Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (SP)


Quando a entrada principal for uma entidade com subordinação – CAMPO 110

$a Brasil.

$b Congresso Nacional.

$b Senado Federal

 

$a Brasil.

$b Marinha.

Quando DOIS AUTORES ENTIDADE:

  • O primeiro no CAMPO 110


E o segundo no CAMPO 710

 

$a Pontifícia Universidade Católica do Paraná

 

$a Pontifical Missionary Union

 

Quando existir um autor entidade – CAMPO 110



e um AUTOR PESSOAL CAMPO 700

 

$a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro

$a Lopes, Roberta

 OBS.: Existindo três ou mais autores “entidade” (ou organizadores), aplica-se a mesma regra de entrada utilizada no campo 100.


111 – AUTOR EVENTOS

Quando a ENTRADA PRINCIPAL for um EVENTO CAMPO 111



$a Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica

 

$n

(3. :

 

$d

$c

1975 :

Curitiba PR)

 
 

$a

Encontro Anual de Ecologia

 

$d

1996 :

 

$c

Uberlândia, MG)


OBS.: Existindo três ou mais autores “evento” (ou organizadores), aplica-se a mesma regra de entrada utilizada no campo 100.


130 – AUTOR TÍTULO UNIFORME


Quando a ENTRADA PRINCIPAL for um TÍTULO UNIFORME CAMPO 130

$a

Bíblia.

 

$l

Português.

 

$d

1964.

 

$a

$p

Bíblia.

N.T.

 

$p

$l

Marcos.

Português.

 

$f

1996

 

$a

Bíblia.

 

$p

A.T.


240 – TÍTULO ORIGINAL/UNIFORME

Quando obra é uma TRADUÇÃO CAMPO 240

$a What to listen for in music.

$l Português

Quando obra é título UNIFORME CAMPO 240

$a Código de defesa do consumidor (1990)


245 – TÍTULO PRINCIPAL

Quando não existe entrada nos campos 1XX: (MAIS DE TRÊS AUTORES - a entrada é pelo título principal, faz-se então entrada secundária para os autores no campo 7XX)

 

CAMPO 245 Título principal

$a Manual para o ensino de enfermagem de saúde pública. /

$c Maria Jacyra de Campos Nogueira... [et al.]

CAMPO 700 – Autor secundário

$a Nogueira, Maria Jacyra de Campos

$4 [et al.]

Quando existe entrada nos campos 1XX: (UM AUTOR e UM TÍTULO - entrada pelo autor)


CAMPO 100 – Autor principal



CAMPO 245 Título principal / Autores




$a




Ross, W. D.

$q

 (William David),

$d

1877-

$a Aristote :

$b

estudos /

$c

W. D. Ross; tradução Luiz Alves

Quando existem DOIS TÍTULOS do MESMO AUTOR (entrada pelo autor e título separado com “ ; ”)


CAMPO 100 – Autor principal



CAMPO 245 Título ; Título / Autor



$a Alencar, José de,

$d 1829-1877

$a Cinco minutos ;

$b A viuvinha : texto integral /

$c José de Alencar

Quando existem DOIS OU MAIS TÍTULOS  de AUTORES DIFERENTES (entrada pelo primeiro autor e títulos separados por “ / ” e autor do título)


CAMPO 100 – Primeiro Autor


CAMPO 245 Título / Autor. Título / Autor





$a Platão


$a Defesa de Sócrates /

$c Platão. Ditos e feitos memoráveis de Sócrates / Xenofontes, Aristóteles

; seleção de textos de José Américo Motta Pessanha; tradução de Jaime Bruna,

Quando a obra é um TÍTULO EQUIVALENTE – CAMPO 245 – Título = Título


$a Canção do mar =

$b Beach music


Quando a obra tem TÍTULO E SUBTÍTULO – CAMPO 245 Título : subtítulo / Autor


$a Metodología básica en servicio social:

 

$b consideraciones teóricas /

 

$c Ricardo Hill

Quando a obra é MULTIMEIOS e TEM TÍTULO e SUBTÍTULO –

 

CAMPO 245 Título [DGM] : subtítulo

$a O balanced scorecard

$h [gravação de vídeo] :

$b gerenciando performance futura / $c Robert S. Kaplan ; tradução, BTM


246 – OUTROS TÍTULOS

Quando existir TÍTULOS DIFERENTES DA FOLHA DE ROSTO (TÍTULO PRINCIPAL):

 

CAMPO 245 Título principal

$a A vida dos animais silvestres /

$c Miguel Alves


CAMPO 246 – Título lombada etc.

$a Vida na selva

 

$a História de música "pelicano" =

 

$b The pelican history of music

 

$a The pelican history of music


250 – EDIÇÃO

Quando EXISTIR EDIÇÃO CAMPO 250

$a

5. ed.

Quando EXISTIR EDIÇÃO, REVISADA E ATUALIZADA – CAMPO 250


$a


2. ed. rev. atual.


Quando EXISTIR EDIÇÃO NA LÍNGUA INGLESA – CAMPO 250


$a


4th ed.


Quando EXISTIR EDIÇÃO REVISADA POR UMA DETERMINADA AUTORIDADE – CAMPO 250


$a

$b


12. ed. /

ver. pelo autor


260 – ÁREA DE PUBLICAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, ETC. (Editora, Local, Data)

Quando EXISTIR LOCAL, EDITORA e DATA

– CAMPO 260 (Ver 4.11)

$a Buenos Aires :

$b Humanitas,

$c 1970


Quando NÃO EXISTIR LOCAL – 260

$a [S.l.] :

$b Humanitas,

$c 1970


Quando NÃO EXISTIR EDITORA – 260

$a Buenos Aires :

$b [s.n.],

$c 1970

Quando NÃO EXISTIR LOCAL e EDITORA

– CAMPO 260

$a [S.l. :

$b s.n.],

$c 1970

 

$a Belo Horizonte :

 

$b MindQuest,

 

$c [1971 ou 1972](um ano ou outro) ou

 

$c [1969?] (data provável) ou

 

$c [entre 1906 e 1912] (use somente

Quando EXISTIR LOCAL, EDITORA e DATA DESCONHECIDA – CAMPO 260

para datas com menos de 20 anos de diferença) ou

$c [ca. 1960] (data aproximada) ou

 

$c [197-] (década certa) ou

 

$c [197-?] (década provável) ou

 

$c [18--] (século certo) ou

 

$c [18--?] (século provável).

OBS.: Não inserir novos “[S.l.” , “s.n.]” , “[S.l.]” , “[s.n.]”. Favor utilizar os que já estão criados na base.


300 – DESCRIÇÃO FÍSICA (Paginação, Volume, Ilustração, Dimensão, Material Adicional)


Descrição física da obra, mais material adicional CAMPO 300

$a

$b

310 p. : il. ;

 

 

$c

$e

24 cm +

1 fita de vídeo




Descrição física sem ilustrações – CAMPO 300

$a

$c

310 p. ;

24 cm


OBS.: Descrição física para multimeios - verificar AACR2.


490 – TÍTULO DA SÉRIE

Quando existir SÉRIE COM NUMERAÇÃO

CAMPO 490

$a Primeiros passos (Círculo do Livro) ;

$v v.3

Quando existir SÉRIE SEM NUMERAÇÃO

CAMPO 490

$a Os primeiros passos em matemática

Quando existir SÉRIE E SUBSÉRIE 490

$a America.

$p Mundos abiertos

Quando existir SÉRIE E SUBTÍTULO DA SÉRIE CAMPO 490

$a Novo catecismo : subsídio para estudos


OBS.: Conforme a alteração nº 9, de Outubro de 2008 da Library of Congress – LC o campo 440 tornou-se obsoleto no formato MARC 21 bibliográfico, em favor de usar o campo 490 (Indicação de série) e os campos 800-830 - Entradas secundárias de séries. Mais informações: http://www.loc.gov/marc/bibliographic/bd440.html.

Registros bibliográficos criados até Abril de 2009 permanecerão no campo 440.

500 - NOTA GERAL

$a Documentário

$a Título da capa: Giovanni da Firenze.

$a Inclui índice.

$a Catalogado pela capa.

$a Vários colaboradores.

$a Edição retirada da capa.

$a Originalmente apresentado como tese do autor (doutorado- Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Departamento de Economia)

502 - NOTA DE DISSERTAÇÃO OU TESE

$a Dissertação (mestrado) - Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, 1987.

$a Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 1996.

504 - NOTA DE BIBLIOGRAFIA, ETC.

$a Bibliografia: p. 238-239.

$a Inclui referências bibliográficas.

$a Inclui bibliografias e índices.

505 - NOTA DE CONTEÚDO

$a v. 1. è poca do patrono-- v. 2. Época de Bolivar --v. 3. Apêndices e índice.

$u http://lcweb.loc.gov/catdir/toc/99176484.html

$a pt. 1. Carbon -- pt. 2. Nitrogen -- pt. 3. Sulphur -- pt. 4. Metals.

520 - NOTA DE RESUMO

 

590 - NOTAS DE OBRAS COM VOLUME INCOMPLETOS

$a A biblioteca possui somente: v.1 - A saga continuará.

$a A biblioteca só possui os volumes 4 e 5.

$a A biblioteca não possui o volume 5.

591 - NOTA DE LOCALIZAÇÃO DO MATERIAL

$a Esta coleção não poderá ser retirada da Biblioteca

$a A biblioteca adotou número de chamado único para reunir a coleção.

$a Material disponível na Biblioteca Central.

593 - NOTA SOBRE A CONSERVAÇÃO DO MATERIAL DESCRITO

$a Contém rasuras, folhas rasgadas.

$a O exemplar no…. faltam as páginas 77 e 78.

$a As páginas 192,193,196 e 197 encontram-se rabiscadas.

ASSUNTOS

600 - ASSUNTO  - NOME PESSOAL

610 - ASSUNTO - NOME ENTIDADE CORPORATIVA

611 - ASSUNTO - EVENTOS

630 - ASSUNTO - TÍTULO UNIFORME

650 - ASSUNTO - TERMO TÓPICO

651 - ASSUNTO - GEOGRÁFICO


600 – ASSUNTO – NOME PESSOAL




Quando PESSOA for assunto da obra CAMPO 600


$a Assis, Machado de,

$d 1839-1908.

$t Obras completas de Machado de Assis


$a João Paulo

$b I,

$c Papa,

$d 1912-1978


610 – ASSUNTO - ENTIDADE

 

$a Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas

Quando ENTIDADE for assunto da obra CAMPO 610

$a Curitiba (PR).

$b Prefeitura Municipal.

$b Instituto Municipal de Administração Pública


611 – ASSUNTO - EVENTOS



Quando EVENTO for assunto da obra CAMPO 611


$a Congresso Brasileiro de Administração em Serviços de Alimentação


$a Seminário Internacional de Administração Universitária


630 – ASSUNTO - TÍTULO UNIFORME

Quando CABEÇALHO UNIFORME for  assunto da obra CAMPO 630

$a Bíblia

$x Bibliografia


650 – ASSUNTO – TÓPICO

 

$a Frio

$x Uso terapêutico

 

$a Ortopedia pediátrica

Quando CABEÇALHO TÓPICO for assunto da obra CAMPO 650


$a História moderna

$y Séc. XX

 

$a Paraguai, Guerra do, 1864-1870


651 – ASSUNTO - GEOGRÁFICO

 

$a Lisboa (Portugal)

$x Descrições e viagens

 

$a Copacabana (Rio de Janeiro, RJ)

Quando    CABEÇALHO    GEOGRÁFICO    for

assunto da obra CAMPO 651

$a Peru

$x História

$y Guerra da Independência, 1820-1829

 

$a França

$x Política e governo

$y 1958-


651 – ASSUNTO - GEOGRÁFICO

 

$a Lisboa (Portugal)

$x Descrições e viagens

 

$a Copacabana (Rio de Janeiro, RJ)

Quando    CABEÇALHO    GEOGRÁFICO    for

assunto da obra CAMPO 651

$a Peru

$x História

$y Guerra da Independência, 1820-1829

 

$a França

$x Política e governo

$y 1958-

 

 

7.2 PERIÓDICOS NO TODO

 

Para o cadastramento do periódico no todo, cadastramos as informações do periódico no Bibliográfico e os fascículos da coleção no KARDEX.



CAMPO 008 – CAMPO FIXO

Este campo não contém indicadores ou códigos de subcampos. Ele é composto de 40 posições de caracteres, numeradas de 00 a 39 e contém informações codificadas sobre o registro como um todo, assim como aspectos bibliográficos do documento que esta sendo catalogado.


Quando existir ISSN – CAMPO 022


$a 0011-7641


Fonte catalogadora da obra – CAMPO 040


$a BR-RjBMB(Marinha)

$c BR-RjBMB

$a BR-RjBIE(Exército)

$c BR-RjBIE


No assunto existir geográfico - CAMPO 043


$a s-bl---

Classificação CDU e nº edição– CAMPO 080

$a 350

$2 10

Classificação CDD e nº edição – CAMPO 082

$a 355

$2 22


Número de Chamada – CAMPO 090 (opcional)

$d P

$a 355

$b D313

$c 1913-

$8 Código da Biblioteca)

Para Instituições que participam do CCN


CAMPO 210 – Título Abreviado



$a Def. Nac.

Para Instituições que participam do CCN


CAMPO 222 – Título-Chave

 $a A Defesa Nacional

245 – TÍTULO PRINCIPAL


CAMPO 245 Título principal

$a A Defesa Nacional :

$b revista de assuntos militares e estudo de problemas brasileiros


246 – OUTROS TÍTULOS

Quando existir TÍTULOS DIFERENTES DA FOLHA DE ROSTO (TÍTULO PRINCIPAL):


CAMPO 246 – Formas variantes do Título


$a A Defeza nacional :

$b revista de assumptos militares


260 – ÁREA DE PUBLICAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, ETC. (Editora, Local, Data)

Quando EXISTIR LOCAL, EDITORA e DATA


Obs.: DATA – mencionar a data de início da publicação

$a Rio de Janeiro:

$b Biblioteca do Exército,

$c 1913-


Quando NÃO EXISTIR LOCAL – 260

$a [S.l.] :

$b Biblioteca do Exército,

$c 1913-


Quando NÃO EXISTIR EDITORA – 260

$a Rio de Janeiro:

$b [s.n.],

$c 1913-


Quando NÃO EXISTIR LOCAL e EDITORA – CAMPO 260

$a [S.l. :

$b s.n.],

$c 1913-



Para publicação seriada só informamos a data quando temos o primeiro e/ou o último fascículo ou quando a mesma não é mais publicada

Publicação corrente

$a Rio de Janeiro:

$b Biblioteca do Exército,

$c 1913-


Publicação terminada

$a Rio de Janeiro:

$b Biblioteca do Exército,

$c 1913-2001


300 – DESCRIÇÃO FÍSICA (Paginação, Volume, Ilustração, Dimensão, Material Adicional)

Descrição física do periódico, mais material adicional

CAMPO 300

$a v. :

$b il. ;

$c 24 cm

Descrição física sem ilustrações – CAMPO 300

$a v. ;

$c 24 cm


Descrição física c/ material adicional – CAMPO 300

$a v. :

$b il. ;

$c 24 cm +

$e 1 Poster


CAMPO 310 Última periodicidade

Obs.: $b Data da periodicidade atual

$a Quadrimestral

$b 1989-


CAMPO 321 – Periodicidade anterior

(Quando houver)

$a mensal

$b 1913-1963


$a Trimestral

$b 1964-1989

CAMPO 321 – Periodicidade anterior


OUTROS EXEMPLOS

310 $a mensal

321 $a Periodicidade da atualização varia


310 $a mensal

321 $a Quatro números por ano, $b jan. 1954-


310 $a mensal

321 $a Atualizado mensalmente, $b 1998 - 2001

CAMPO 362 Datas de Publicação e Designação

Sequencial

Obs.: Este campo contém da data inicial e final da publicação e/ou a designação seqüencial utilizada em

cada parte.


362 $a Ano 1, n.1(out .1913)-

CAMPO 362 – Datas de Publicação e Designação

Sequencial


OUTROS EXEMPLOS


Obs.: $z Fonte da Informação. A fonte onde foi retirada a informação é precedido pela abreviatura Cf.

362 $a 1913-2002 (Data de início e término)


362 $a Começou com o vol. 5, publicado em 1940


362 $a Encerrou em 2 (1964)


362 $a Vol. 77, n. 1 (Jan.-abr. 1981)-


362 $a Começou em 1964/65. $z Cf . Boletim do Exército

ASSUNTOS

 

610 - ASSUNTO - ENTIDADE

650 - ASSUNTO - TERMO TÓPICO

 


610 – ASSUNTO - ENTIDADE



Quando ENTIDADE for assunto da obra CAMPO 610


$a Academia Militar das Agulhas Negras

$v Periódicos

 

$a Rio de Janeiro (RJ).

$b Prefeitura Municipal.


650 – ASSUNTO – TÓPICO

 

$a Ciência militar

 

$v Periódicos

Quando CABEÇALHO TÓPICO for assunto da obra CAMPO 650


$a Periódicos

 

$a Ciência da Informação

Obs.: para verificar a entrada de outros assuntos (600, 651) consultar 7.1  

856 – LOCALIZAÇÃO E ACESSO ELETRÔNICO

Para localizar e acessar um recurso eletrônico. Pode ser utilizado para visualizar o artigo digitalizado, por exemplo, em PDF.


$u http://www.decex.ensino.eb.br/ Artigo23.pdf

7.3 ARTIGO DE PERIÓDICOS

 

Para o cadastramento do Artigo de Periódico, a publicação seriada deve estar previamente cadastrada no todo, bem como o cadastramento dos fascículos da coleção no KARDEX.



CAD ACERVO

Selecionar o tipo de obra: ARTIGOS


Vincular ao artigo indexado o número de acervo do periódico no todo.


O sistema automaticamente gerará o campo 773



CAMPO 008

Este campo não contém indicadores ou códigos de subcampos. Ele é composto de 40 posições de caracteres, numeradas de 00 a 39 e contém informações codificadas sobre o registro como um todo, assim como aspectos bibliográficos do documento que esta sendo catalogado.


Fonte catalogadora da obra – CAMPO 040


$a BR-RjBMB(Marinha)

$c BR-RjBMB


100 – AUTOR PESSOAL (DO ARTIGO)

Quando UM AUTOR CAMPO 100

$a Grote, Dick

$d 1965-

Regras para:

ENTRADA PARA DOIS, TRES OU MAIS AUTORES; ENTRADA POR COORDENADOR OU ORGANIZADOR:

VER REGRAS EM 7.1