Regras de Auditoria

DEFINIÇÕES

As regras de auditoria são utilizadas para gerar relatórios das ações realizadas no SEI por determinado usuário de uma unidade em determinada data e hora, bem como o seu IP de acesso, navegador, servidor, recurso, requisição e operação.
Elas estão cadastradas no SIP para o SEI, contemplando as seguintes categorias:
Geral.
Acessos e Usuários Externos.
Visualização de Processos.
Visualização de Documentos.
Além das categorias de regras, o sistema apresenta uma coluna denominada “Ações”, na qual o usuário pode pesquisar, alterar, desativar e excluir uma regra.
Destaque : Ressalta-se que todas as regras criadas no SIP serão aproveitadas na geração de relatórios.

Antes de entender o funcionamento da auditoria do SEI e do SIP, é necessário saber que a pesquisa é feita por meio dos critérios de auditoria.

Atente-se, pois a funcionalidade “Regras de Auditoria” é acessada pelo Sistema de Permissão  (SIP). Nesse contexto, o usuário deverá acessar o SIP e clicar na opção “Regras de Auditoria”,  localizada no menu principal. Ao clicar na imagem a seguir, você terá acesso à tela ”Regras de Auditoria”.

PARÂMETROS NECESSÁRIOS

Nome Descrição
   
   
   
   
   
   

IMPLEMENTAÇÃO

Ação caminho Sistema
Administrar regra de auditoria Menu Principal /  Regras de Auditoria SIP
Acessar Auditoria Menu Principal / Infra / Auditoria SEI
     

 

DETALHES DA IMPLEMENTAÇÃO

Apenas usuários com a permissão “Informática” têm acesso ao menu “Infra”. Portanto, o usuário com apenas o perfil  Administrador” não tem acesso a essa funcionalidade.

Vídeo Tutorial - ENAP