Sequências

DEFINIÇÕES

Cada unidade do órgão ou entidade tem sua própria sequência de processos e são diferentes para cada ano.


A alteração da sequência de um processo é bastante útil em situações de migração da utilização de processo analógico para digital no decorrer do ano no qual já existem processos criados e ainda em andamento.


Assim, essa funcionalidade permite que os processos criados tenham um Número Único de Protocolo (NUP) diferente daqueles processos criados anteriormente em formato não digital.

PARÂMETROS NECESSÁRIOS

Nome Descrição
   
   
   
   
   
   

IMPLEMENTAÇÃO - perfil “Informática”

Ação caminho Sistema
Administração de Sequências Menu Principal / Infra / Sequências SEI
     
     

 

DETALHES DA IMPLEMENTAÇÃO

Obs.: caso o código do SEI da unidade protocolizadora sofra alguma alteração durante o ano, o valor da sequência não representa a quantidade de processos gerados pela unidade e sim a quantidade de processos com aquele código.

Vídeo Tutorial - ENAP